15-08-09_1406O nascimento da ICDV aconteceu no momento em que o Pastor Gilberto Passos teve seu encontro com o Senhor Jesus, no dia 1º de maio de 1979, na cidade de São Paulo. A partir deste dia, passou a seguir os mandamentos de Deus junto a sua esposa, a missionária Antônia Passos. Alguns anos se passaram, o pastor e sua esposa resolveram retornar à sua cidade natal, Conceição do Almeida, interior do estado da Bahia, onde seus pais e irmãos moravam na fazenda Santa Luzia, zona rural da mesma cidade.

Com sede de anunciar Jesus, o pastor começou a falar do amor de Deus junto aos seus familiares e assim ganhou-os para servir a Cristo. Os cultos iniciais foram realizados na casa de parentes e amigos, estendendo-se até a cidade de Santo Antonio de Jesus.

O Senhor Jesus a cada dia fazia a obra crescer até ao ponto das pessoas evangelizadas pedirem que um templo fosse construído e que o pastor Gilberto se tornasse seu líder. Naquele momento o ele relutou, pois apenas pensava em ser um pregador da palavra de Deus, porém, diante da insistência que fora tanta e dos sinais que aconteciam, não poderia negar que ele já era um Pastor nato chamado pelo próprio Deus (os sinais que estão em Mc. 16.16 -18).

Em 16 de março de 1984, foi construído o primeiro templo da ICDV, em Santa Luzia, município de Conceição do Almeida, uma Igreja Pentecostal de Libertação, seguindo o fundamento dos Apóstolos Ef. 2:20. Chegando a Santo Antonio de Jesus, as reuniões eram feitas em diversas casas. A Palavra de Deus era pregada e vidas de muitas pessoas eram transformadas por Cristo. Os novos membros foram tantos, que um novo templo foi erguido na Rua Nova do Cajueiro, no dia 13 de março de 1988. Nesse tempo o conselho de pastores da cidade reuniu-se para decidir se o Pastor Gilberto Passos seria consagrado a pastor através de uma avaliação de sua obra ministerial, mas para os lideres locais ele não tinha o requisito “principal” que é a Teologia. (do grego ?eó?, transl. theos = “Deus” + ?ó???, logos = “palavra”, por extensão, “estudo”), no sentido literal, é o estudo sobre Deus.

Devido à falta desse requisito, não poderia ser consagrado nem reconhecido como pastor. Os homens o rejeitavam por não ser Teólogo, mas Deus, o Pai, o confirma como pastor, dando-lhe ovelhas e dons para curá-las, libertá-las e mudar as suas vidas (das quais eu sou uma delas).

O Deus que o confirmara trouxe da cidade de Salvador o Pastor Àtila Brandão da Igreja Batista Caminho das Árvores, homem honrado e respeitado no meio Cristão, que ao chegar ao templo da ICDV e vê-lo tomado por pessoas adorando a Deus, disse: “Como não consagrar este homem, ele já é pastor, porque ele tem ovelhas, e não existe pastor sem ovelhas, e Deus já lhe deu as ovelhas”. Assim, derramou o óleo da unção sobre a sua cabeça, no dia 24 de outubro de 1991, consagrando-o a pastor. Deste dia em diante esse homem de Deus segue pastoreando o rebanho de Jesus Cristo.

Hoje, a ICDV é um ministério reconhecido juntamente com o seu pastor como uma Igreja que ajuda à sociedade, buscando o bem comum. Nosso ministério cresceu, e hoje estamos em muitas cidades do recôncavo e na capital baiana.

Realizamos o Show e Caminhada da Paz todos os anos, no mês de novembro, já estamos na 13ª edição do evento, que traz uma multidão para adorar a Deus e conhecer o grande nome de Jesus, proporcionando o que há de melhor no mundo da música gospel.

Cantores de renomes da música evangélica já estiveram ao longo desses anos conosco, como: J. Neto, Fernanda Brum, Kleber Lucas, Matos Nascimento, Quatro por Um, Trazendo a arca, dentre outros. Vale ressaltar que esse evento é sem fins lucrativos, tendo como único objetivo louvar e engrandecer o nome daquele que vive e reina para sempre, Jesus.
Deus, em nome de Jesus confirmou e abençoou esse ministério para salvar vidas. Essa é a história da Igreja Caminho ao Deus Vivo, que nasceu no coração de Deus e foi testificado no coração do Pastor Gilberto Passos, no dia 1º de maio de 1979.

Visite o site e conheça nossas campanhas, congregações e o Show e Caminhada da Paz.

Deus em Cristo continue abençoando.